Translate

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Educação Domiciliar: 6 DICAS de Boas maneiras que toda criança precisa aprender




A medida que eu estou crescendo, meus pais estão me ensinando o que eles chamam de "boas maneiras". 
E principalmente quando estou interagindo com outras crianças ou adultos, eles aproveitam para observar o que já aprendi e o que eu estou precisando aprender:






1. "Com licença, desculpa, obrigado e por favor":  

As quatro palavras 'mágicas' são melhor ensinadas no exemplo dos pais. Aqui em casa meus pais perceberam que se eles usassem estas palavras ao interagir comigo, eu automaticamente aprenderia, sem precisar me corrigir sempre. E no momento eu estou praticando bem. A mamãe disse que o mundo está precisando mais destas quatro palavras. E o segredo é mesmo praticar isto com seu filho. Aqui meu pai fala:
__Filho, pega o controle pro papai por favor!
E quando eu entrego ele diz:
__Muito obrigado filho.
E a mamãe fala :
 __ DE NADA PAPAI. (este eu ainda estou aprendendo rsrs)

Meus pais também já me pediram desculpas em momentos que precisaram e eu entendi quando esta palavra deve ser usada, principalmente quando magoamos alguém...eu peço sem problemas.
Dica da mamãe: 
Quando os pais praticam estas palavrinhas em casa com os filhos, é muito mais fácil para a criança entender o que elas realmente significam, afinal o relacionamento em família carrega a afetividade e a emoção necessária para imprimir no coração estes ensinamento.





2. Cumprimentar (oi, olá, tchau, bom dia, boa noite) :

Eu gosto de cumprimentar as pessoas, mas ainda estou aprendendo todos os cumprimentos. Desde que eu era bebezinho meus pais me cumprimentam.Pela manhã eu já falo sozinho: __ ADIAAAA* (bom dia).
E quando estou interagindo com outras crianças no parque eu percebi que muitas vezes um cumprimento sorridente pode convencer aquela criança a brincar comigo.


3. Esperar a sua vez :


Em casa enquanto brincamos com nossas atividades a mamãe procura me ensinar que eu preciso aprender a esperar. Ela diz "agora é a vez da mamãe, espera"... e depois ela diz "agora é a vez do Samuel". Assim eu estou aprendendo que cada um tem a sua vez. 
A mamãe no começo ficou preocupada porque tão ruim quanto uma criança que não dá a vez ao outro é aquela que abre mão e não procura sua vez na brincadeira. Ela queria o equilíbrio e algumas vezes interveio no parque dizendo:
"__Filho, você também tem a sua vez! "
É difícil para uma criança esperar a sua vez, por isto é muito importante praticar em brincadeiras em casa.


4. Respeitar o que é de outras crianças - Outro dia nós estávamos no parque e tinha um menino cheio de dinossauros e eu queria muito brincar. Meu primeiro impulso é ir e pegar, mas como eu já fiz isto muitas vezes e a mamãe dizia:
__ Filho, este brinquedo é do menino. Não é do Samuel. 

Algumas vezes eu chorei, outras eu fazia de conta que ia pegar o brinquedo mas choramingava ou sorria para a criança para ver se ela deixava eu brincar. Tem criança que não deixa mesmo brincar com suas coisas no parque.
Só que naquele dia o menino dos dinossauros deixou eu brincar. E eu adorei e brinquei com cuidado. A mamãe foi algumas vezes pertinho de mim e cochichou coisas diferentes:
__Que legal que o menino deixou você brincar com os dinossauro dele. 

Depois ela disse:
__ Estes dinossauros são de quem?
Ao que eu respondi com uma pergunta:
__Do IEL*??  ( do Samuel?) - mas a mamãe disse:
__Não! Os dinossauros são do menino.
E aí na hora do menino ir embora, eu chorei que ele estava guardando os dinossauros e ele quis arrancar da minha mão o dinossauro e a mamãe falou para ele:
__Calma, só um pouquinho, ele vai guardar para você! 

E aí a mamãe me olhou e falou com carinho cochichando :
__Filho, agora os dinossauros vão para a casa do menino. Ajuda ele a guardar o dinossauro na bolsa e fala obrigado porque ele deixou você brincar.
Aí eu fiz cara de choro, joguei o dinossauro na bolsa , cruzei os braços e falei:
__ GUIGAGU NININO* -  *obrigado menino
A mamãe me abraçou e falou:
__ Você fez o certo filho, o dinossauro era de quem?

__ do ninino*!
Aí eu sorri para o menino e falei:
__ Xauuu nininoooo... a dia bincá * (outro dia brincar*)

Dica da mamãe: fazer a coisa certa não é fácil para ninguém, ainda mais para os pequenos, o fato dele obedecer me fez elogiar sua atitude e isto o empurrou para frente, ele se despediu sorrindo e convidou o menino para brincar um outro dia. O fato dele jogar o dinossauro na bolsa mostrou sua insatisfação em precisar se despedir do objeto que não era dele (ficou contrariado), mas o fato de obedecer mostrou que ele escolheu obedecer, e esta atitude não pode passar desapercebida. Neste momento os pais não devem focar na imperfeição (que foi jogar o dinossauro na bolsa) mas na atitude (escolher obedecer). Porque, como tudo, isto também vai sendo lapidado com o tempo.

4. Não falar com a boca cheia :

Durante as refeições em casa é o momento para corrigir e ensinar, afinal enquanto a criança come e tenta falar não apenas é desagradável mas também pode ser perigoso engasgar (Para desengasgar bebês com menos de um ano, deve-se deitar a criança no antebraço, de forma que a cabeça fique mais baixa que o corpo, e então dar palmadas em suas costas para que o alimento ou objeto engolido se locomova). 


5. Falar com o tom de voz adequado:

Geralmente eu me empolgo e acabo falando alto e meus pais usam um tom de voz mais baixo do que o meu para pedir que eu baixe meu tom de voz. (Porque é estranho você gritar para uma pessoa para dizer para ela não gritar né). E aprender o tom certo de voz principalmente em ambientes diferentes como igrejas, bibliotecas, hospitais é complicado para mim que sou pequeno...mas estou aprendendo ainda.


6. Cobrir a boca quando tossir/espirrar  - Algo tão simples que além de evitar constrangimento é uma questão de saúde pública também. Como ainda sou pequeno posso usar as mãos para segurar o espirro (e depois preciso lavar as mãos), mas os adultos podem espirrar na direção do chão ou do ombro para também não contaminar as mãos.  



Um comentário:

  1. Dicas simples mas tão fundamentais.
    Estou amando o seu blog!

    ResponderExcluir

Será uma alegria ler seu comentário...

Outbrain

Conheça nossos brinquedos:

Conheça nossos brinquedos:
Feito sob encomenda