Translate

terça-feira, 19 de abril de 2016

Unschooling: Mamãe , vamos olhar o céu?


Quando Sam era menor, ainda no colo eu sempre levava ele para passear no quintal e olhar o céu. E conversava com ele sobre a natureza. Ontem ele me olhou e perguntou:
__Mamãe, vamos olhar o céu?
Larguei o que eu estava fazendo, peguei minha cadeira e fomos até o quintal, ao lado da cadeira que ele já tinha colocado pra si mesmo. Eu sentei ao lado dele.
Sam ficou em silêncio por alguns minutos. Olhou tudo o que achou interessante olhar e aí apontou uma nuvem. Falou que ela se movia muito rápido. E observamos pássaros logo abaixo das nuvens que pareciam pontos se movendo no véu.
Depois falamos do sol, e ele falou que não dava para ver o sol de onde estávamos, mas só a luz do sol nas árvores. E reparou que quando a luz do sol bate na folha ela parece verde claro, e nas folhas que a luz não chega são verde escuras.
Foi apontando borboletas e pequenos insetos próximos com comentários precisos ou comentários curiosos:
__Esta borboleta é bem pequena ainda né.
__Ali...olha...outra borboleta fazendo um movimento... - e em silêncio ficou observando o movimento.
 E eu fiquei pensando como valeu a pena nossos momentos no quintal durante todos estes anos.
Como é precioso ver o olhar dele diante da natureza.
Por um momento ele levantou, foi até o pé de acerola e trouxe duas , uma para mim e outra para ele. E comemos e conversamos mais um pouco sobre a natureza.
Ele parecia inspirado...e eu também.
De repente, sem ninguém falar nada. Ele levantou e entrou e eu levantei e fui até o pé de pitanga pegar algumas frutinhas, quando entrei em casa ele estava em silêncio no chão da sala, havia pego papéis , tesoura e cola e estava fazendo recortes e colagem. Quando sentiu que seu projeto estava pronto ele foi e colocou na porta da geladeira para o papai ver quando chegar e me explicou:
__É uma planta!
Eu sorri, achei muito legal mas não interferi elogiando nem comentando. Ele mesmo já havia avaliado e aprovado , não precisava de meu elogio.
Sua auto avaliação foi tão positiva que o desenho foi direto para a geladeira, nossa galeria de melhores trabalhos, e nem passou pela mesa ou pela pastinha de atividades .

E o mais legal de tudo é que hoje ele passou o dia vestido de Super Mário.  Acho maravilhoso como ele tem aprendido a parar , a silenciar, a observar as coisas simples e ao mesmo tempo manter sua personalidade. E apesar de ser uma criança normalmente muito curiosa e mais agitada, ele tem aprendido a buscar seu equilíbrio.
Estou muito feliz por poder acompanhar o crescimento de meu filho. E ver o quanto a natureza o inspira a criar.

Leia também :
SILÊNCIO: Quando estar sozinho é bom

A mãe imperfeita e o filho imperfeito

Gostou das Dicas? Assine nossa lista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Será uma alegria ler seu comentário...

Outbrain

Conheça nossos brinquedos:

Conheça nossos brinquedos:
Feito sob encomenda