Translate

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Você não é Pedagoga e quer ensinar seu filho?


Ser Pedagoga não facilita ser educadora de meu filho. A lavagem cerebral de que só a Escola pode ensinar é tão forte que eu mesma não me senti automaticamente pronta. Esta confiança de me ver como EDUCADORA de meu filho só aconteceu com a troca com outras mães. Vendo o que as outras mães faziam, trocando experiências com mamães homeschoolers. 

Estas amizades na internet foram e são preciosas. Não conseguiria citar todas aqui, mas preciso citar algumas que são muito especiais e me ajudaram a me entender como educadora de meu filho, e a unir minha profissão como Pedagoga e Supervisora Escolar com a minha parte MÃE e EDUCADORA FAMILIAR. 
Amigas que costuraram em meu coração e pensamento os aprendizados , fazendo eu me lembrar do que aprendi na faculdade e me sentir mais capaz a cada dia. Que me permitiram aceitar esta colcha de retalhos de meu conhecimento e me impulsionaram a prosseguir aprendendo.

MUITO Obrigada ,  amiga Luciana Araújo (do blog Estimulando meus filhos), a amiga Lorena Arbex e Mona Lina Póvoa que me convidaram para administrar junto com elas o grupo Homeschooling Brasil no Facebook (o primeiro grupo antes de surgir outro homônimo...tudo que é bom é copiado rsrs).

Perdão para todas as amigas queridas que me ensinam muito, mas estas três queridas tiveram um papel fundamental na minha auto consciência como educadora domiciliar. Foram como anjos, diariamente usadas para tirar minhas dúvidas e principalmente me ajudar a caminhar sozinha. A transformar minha postura passiva de quem tinha a mente escolarizada, para a postura de uma mãe educadora autônoma apaixonada pela auto educação.

Não tenho palavras para agradecer estas amigas e todas que apareceram depois, pois este processo formou um amálgama com minha formação. É como se todo o conhecimento acadêmico estivesse guardado em um baú empoeirado, na prateleira escolar. Eu só poderia acessar se estivesse oficialmente trabalhando para uma escola. No entanto, com estas outras mães me apoiando, e me erguendo, consegui alcançar o baú, soprar as teias e poeiras, e abrir sem medo.

Com elas aprendi que eu posso ensinar meu filho, sim , não foi meu diploma de Pedagoga que me autorizou a fazer isto, pelo contrário, ser Pedagoga e defender o Homeschooling é quase como ser a ovelha negra no rebanho. Ouvi de uma colega Pedagoga certa vez "Como você pode ser contra a escola?", mas eu não sou contra existir escolas...sou contra colocar meu filho na escola como ela se encontra hoje, é diferente. E outra que me excluiu do facebook por não querer ver minhas postagens de Educação Domiciliar rs

Esta transformação de abraçar o Homeschooling foi tão grande que minha formação progressiva em leituras e estudos nos últimos 4 anos, para mim, valeram mais do que a formação acadêmica em si, e eu posso dizer hoje que o diploma é apenas um diploma. Com isto não estou menosprezando meu diploma, pois eu sei quantas horas de leitura, estudo e dedicação eu empreguei para conseguir ele. Apenas estou trazendo esta reflexão, para que os pais que não são pedagogos tenham paz.


E por isto, que falo com todas as letras que não é preciso Pedagogia para ser educador do próprio filho. Não é preciso uma formação acadêmica. Pelo contrário, há pais educadores que não possuem nem a formação completa no segundo grau e isto não os impede de manter os filhos aprendendo , pois estão aprendendo com os filhos e aprendendo para ensinar, constantemente. 

O homeschooling é uma mudança total de mentalidade e de estilo de vida, que envolve toda a família.
Então, não se preocupe com isto agora. O primeiro passo é seu amor e determinação em prosseguir aprendendo. 

E com esta percepção educacional, de ajudar cada pai e mãe a se descobrir como educador do filho é que prossigo compartilhando neste blog dicas que possam incentivar os pais, e continuo postando os novos Materiais de Homeschooling que criamos ( a amiga irmã Renata Correa e eu) , e assim também, nesta perspectiva faço o Coaching de Educação Domiciliar para assessorar os pais nesta transição do pensamento escolar para o pensamento homeschooler. 

Pedir e buscar ajuda não é feio, se precisar, peça ajuda. Há muitas mães queridas como estas especiais que eu tive a honra de encontrar em meu caminho,e se eu puder, seria uma honra ter uma participação especial em sua história familiar de Homeschooling também,

Um abraço ,

Gostou das Dicas? Assine nossa lista 

4 comentários:

  1. Você é uma benção para as famílias homeschoolers! Me ajudou e ajuda demais!

    ResponderExcluir
  2. Olá Glaucia, eu gostaria de poder conversar contigo sobre o homescholling, deixo aqui meu e-mail para contato.
    saluacalixto@gmail.com

    Att,.

    Salua

    ResponderExcluir

Será uma alegria ler seu comentário...

Outbrain